terça-feira, 19 de agosto de 2008

Propaganda eleitoral gratuita

Hoje foi um dia daqueles. Começou com a derrota do Brasil para a Argentina, por três a zero. Em seguida, outra derrota do país, a propaganda eleitoral, que nem é tão gratuita assim, pois nos custa ouvir tudo isso, e nos rende um riso bestial de desespero.

Um comentário:

Ana Paula Motta disse...

Pois é a propaganda eleitoral "gratuita" começou em Campos. Tem candidato que deve ter tido indigestão te tantos "esses" que engoliu. Um lamentável festival de falta de preparo,oportunismo e burrice...