sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Cheia do Paraíba: Imagens de 19/12/08

O próspero jornal online “Ururau” publicou hoje entrevista com o ainda prefeito Alexandre Mocaiber. O prefeito, que esteve sumido enquanto rolava a polêmica sobre a destruição do monumento à abolição e a remoção das estátuas para a praça do canhão, enquanto a defesa civil estadual teve que declarar estado de emergência por conta da cheia da Lagoa de Cima que inundou toda a região de Ururaí e enquanto a equipe de transição para o novo governo descortinava uma série de irregularidades de sua administração, falou hoje que esteve doente todo este tempo, mas sempre presente.

Os municípios fluminenses recebem agora as águas de Minas Gerais, através dos Rios Pomba e Muriaé. As cidades mais castigadas são Santo Antônio de Pádua e Itaperuna, onde até mesmo o principal hospital da cidade, São José do Havaí, referência em todo o norte e noroeste do estado, teve o seu andar térreo inundado pelas águas, mas mantendo seu funcionamento, com os pacientes sendo transportados de barco.

Em Campos, já são muitos os desabrigados, principalmente os moradores da Ilha do Cunha e do Matadouro, abrigados em escolas públicas próximas.

Estas imagens foram feitas hoje (19/12/08) à tarde.

Rua dos Goytacazes, 19/12/08 - aprox. 15h


Curva da Lapa, 19/12/08 - aprox. 15h


Vista das escadas da Orla II, na Lapa, 19/12/08 - aprox. 15h


Terminal Rodoviário Luís Carlos Prestes, 19/12/08 - aprox. 15h.

Repare na proximidade entre o nível da água e a calçada


Cais, em frente ao Corpo de Bombeiros, 19/12/08 - aprox. 15h.


Ponte Rosinha, 19/12/08 - aprox. 15h.


Esquina da Av. 7 de setembro com Miguel Herédia, 19/12/08 - aprox. 17h.

Um comentário:

Ana Paula Motta disse...

Essa cidade há quase dois anos anda tão feia,com ar de eterna destruição.Até quando?